Museu Regional de Caeté foi reinaugurado

O Museu Regional de Caeté, pioneiro em pesquisa arqueológica histórica-urbana na cidade, foi reinaugurado dia 18. Após 6 anos de portas fechadas, e 2 anos e 5 meses de restauração integral no valor de R$2,7 milhões, a Casa Setecentista foi devolvida à população.
A reinauguração teve a participação da Fanfarra da FEC, a presença do prefeito Lucas Coelho, o presidente do IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus) Paulo Amaral, e várias outras pessoas.
Os visitantes terão uma sala de convivência, lojinha para comprar produtos, e a divulgação da bainha aberta. O elevador de vidro também é uma das novidades, pois quem o utiliza pode ver a técnica de construção do século 18, com as paredes de adobe ao fundo completamente restauradas. Outras novidades são: A instalação de SPDA (sistemas de proteção contra descargas atmosféricas), Instalação de PCI (Proteção Contra Incêndios), e circuito fechado de TV.
O museu, que traz consigo a história da constituição de Caeté, conta com 355 peças e suas respectivas expografias (grandes folders explicativos) que tornam a visita mais didática. A visitação é de terça a sexta-feira, de 10h às 17h, E nos sábados, domingos e feriados, de 12h às 16h.
De acordo com a diretora do Museu, Sônia Maria Barbosa, “a reinauguração é um grande marco para Caeté, principalmente por ter sido no dia Internacional dos Museus. Temos um edifício tombado, reformado e aberto ao público, que mostrará parte da cultura antiga da cidade, e isso é de grande importância para todos”.

Tayná Tavares

Fonte: Site Jornal Opinião Caeté

Posted in Artigos.